sábado, 25 de abril de 2009

Kill Bill Vol 1 e 2


Depois de 4 anos em coma "A Noiva" (Uma Thurman) acorda depois de uma picada de inseto. E neste clima de quadrinhos, Tarantino brincará com os gêneros Kung Fu e Wersten. Tarantino, finalmente mais maduro, mostra sua personagem feminina, desenvolvedo o lado materno.
Tanto que em duas cenas quando aparecem crianças, a luta para e fica mais lúdica. Em Kill Bill Vol. 1, depois de sair do hospital se arrastando, entrando na "Picape das Gostosas" do enfermeiro que a abusava sexualmente e recuperar os movimentos dos pés depois de 13 horas.
Ai então o roteiro brinca com descendente de japoneses e só eles entendem a piada. Thurman parte para Okinawa (que na verdade pertenceu aos EUA durante 27 anos e só em 1972 voltou a pertencer ao Japão).
Lá The Bride, fabricará sua Hattori Hanzo (espada samurai) durante um mês com o mestre interpretado por Sony Chiba. E usando esta arma de fabricação mais americana que japonesa, nossa heroína lutará contra O-Ren Shi (Luci Liu) que apesar de ser sino americana agora é chefona da Mafia Japonesa. E numa das melhores cenas de luta ja vistas Uma extermina os 88 loucos, Go-Go (a adolescente sádica), Sofie (com seu celular irritante) e numa cena idilica acaba com O-Ren num pequeno jardim japonês em meio a neve.
Ai entramos na parte wertens em Kill Bill Vol. 2 onde num conversivel nossa heroína ruma para "um rompante de violência" e finalmente matar Bill. Primeiro ela enfrenta Budd (Michael Madsen) sempre sádico desde de Cães de Aluguel e terá que sair da cova de Paula Schultz onde é enterrada viva.
Neste ponto a história da espaço para mostrar o treinamento cruel de Pai Mei, mentor também de Bill. O resto é surpresa.
Kill Bill vale pelo despudoramento de gêneros, a simplicidade e hulmidade de Uma Thurman, que intercala desespero pelas situações de perigo até a volta por cima como uma heroína sobre humana. Enfim Tarantino fala das mulheres do jeito dele, mais impossivel não agradecer a homenagem a nossa força mesmo diante de nossas fragilidades.



2 comentários:

Nalim disse...

olá, gostei muito do seu blog! adoro cinema e você escreve muito bem, convido você a visitar o meu blog
www.camisetacolorida.blogspot.com
Parabéns pelo blog
abraços:*

Alan disse...

HA!!! =D
Meu filme ^^